Menopausa – Como diminuir os sintomas de forma natural

Menopausa

Imagem: reprodução/não descobri a autoria da imagem

A maioria das mulheres entra na menopause aos 50/52 anos, mas existem alguns casos de mulheres de 35 e outras de 60 anos.  De acordo com estudos, a mulher que ficar um ano sem menstruar está na menopausa.

Normalmente precoce menopausa ocorre por causa de medicação, cirurgia, radiação, doença autoimune ou fumo. Nem todas as mulheres experimentam desconforto ou têm sintomas.

Os sintomas mais comuns são ondas de calor, suores noturnos que frequentemente levam a perda de sono e consequentemente a sensação de cansaço durante o dia, depressão, ganho de peso, dor de cabeça, incontinência urinária, ressecamento vaginal e menor desejo sexual.

Os hormônios são “mensageiros” que movimentam-se no nosso corpo através da corrente sanguínea. Os principais hormônios femininos são o estrogênio e progesterona. Durante a menopausa, os ovários param de produzir hormônios e as glândulas supra-renais entram em ação e passam a produzir os hormônios que necessitamos.

Nossas células de gordura, o útero, o fígado e as glândulas da tiróide também desenvolvem importante papel na produção dos hormônios durante a menopausa. Muitas mulheres sentem os desconfortos da menopausa, porque suas glândulas supra-renais estão exauridas, têm hipotiroidismo e o fígado congestionado, ou seja, que não consegue processar e/ou desintoxicar o excesso de estrogênio.

Equilibrar os hormônios é a melhor forma de diminuir os sintomas e desconfortos. Esse equilíbrio pode ser atingido através do uso de ervas, mudanças na alimentação, atividade física e reposição hormonal.

As ervas e vitaminas recomendadas são: 

1)      Cimicifuga racemosa ou Black cohosh – de acordo com estudos clínicos  as mulheres sentem um grande declínio nos sintomas após 12 semanas de uso;

2)      Sálvia ou Sage – tem efeito calmante, é extremamente útil contra as ondas de calor, e reduz o excesso de suor, também funciona com um lubrificante dos tecidos internos, como a vagina; 

3)      Angélica Sinensis ou Dong Quai – é uma das ervas chinesas mais populares, promove a saúde da vagina e diminui as ondas de calor;

4)      Vitex ou Agno-casto – não possui atividade hormonal direta, seu princípio ativo estimula as glândulas supra-renais à produzir hormônio, que consequentemente aumenta a progesterona;

5)      Vitamina C, E e Bioflavonoide Hesperidina – também demonstraram ajudar a diminuir os desconfortos da menopausa.

Caso seja necessário fazer a reposição hormonal, procure usar baixas doses de hormônio bioidêntico. Atualmente sabe-se que a Terapia de Reposição Hormonal é contra indicada para a maioria das mulheres, especialmente para aquelas com histórico de câncer de mama, devido à possibilidade do estrogênio estimular o crescimento de células cancerígenas.

Faça atividade física regular, a musculação é muito indicada para previnir osteoporose; evite o uso do plástico, como mencionado aqui aumenta a produção do estrogênio; adote um estilo de vida mais saudável, invista em uma alimentação mais saudável, coma menos açucar e alimentos refinados.

Se você sofre com a menopausa ou como eu tem uma Mãe que está querendo ficar livre dos sintomas, divida a sua história comigo!

Sobre Camila

Sou Camila Lobato, apaixonada pelas coisas simples da vida. Pelo pé no chão, pela verdura colhida da horta, pela fruta tirada do pé, um mergulho no mar, livros de cabeceira e conversas ao redor de uma fogueira. Aqui estão dicas, notas, aprendizados da minha jornada. Nascida em Minas Gerais, hoje morando no Canada. Advogada no Brasil e agora estudante de Nutrição Natural. Ser Simples é um blog para dividir conhecimento, para te inspirar a fazer escolhas conscientes e a buscar o que é essencial.
Esta entrada foi publicada em Saúde. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Menopausa – Como diminuir os sintomas de forma natural

  1. Querida Camila, o blog é uma lindeza, como você!
    Estou aos 53 anos enfrentando esse momento.
    Está punk, me sinto meio sem chão, sem energia, com uma sensação de que cheguei ao fim da linha, meio depressiva mesmo. Mas tenho fé que isso vai melhorar.
    Vou ler as dicas todo cuidado e gratidão.
    Você não está mais no facebook? Sinto sua falta.
    Beijo e carinho

    • Camila disse:

      Fa, esse momento é difícil para a maioria das mulheres.
      Ocorre uma mudança muito grande. Procure usar as ervas que indiquei, estudos comprovam que elas ajudam a diminuir os sintomas.
      Para a sensação de depressão, a meditação pode ajudar.
      Agora voltei para o facebook 🙂
      Beijos de luz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *